Google+ Followers

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Rascunho

Sou um rascunho do amor que por ti senti. Um papel sujo e amarrotado que alguém levou. As palavras desbotadas de uma qualquer bic azul desenham o sofrimento que ainda me corrói. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Comentem o que vos apetecer. Viva a liberdade de expressão!