Google+ Followers

sábado, 25 de agosto de 2007

Velho Herodes parte II: IRS



Recebi antes de ontem carta registada proveniente do ministerio das finanças. Sempre que recebo este género de cartas fico deprimido, sejam elas do ministerio da administração interna, divisão de trânsito da PSP ou GNR, ADSE... enfim, um manencial de inquisidores dos tempos modernos com a desvantagem da bula das indulgências não servir rigorosamente para anda. Todos sabemos de antemão que o estado-previdência está à beira da falência e todas as nossas comparticipações servirão antes para algumas excelências reformularem os parques automóveis ministeriais e a decoração dos gabinetes... com especial atenção às cadeiras de presidente que frequentemente são destruídas por excesso de peso. As pessoas insistem em não ler as instruções e meter na cabeça de uma vez por todas que são cadeiras individuais... não dá para mais do que uma pessoa ao mesmo tempo e certamente estará proscrita qualquer tipo de actividade física no seu topo... intelectual ainda vá lá... Seja como fôr... tenho uma batulada de IRS para pagar para além do que já ficou retido na fonte, e não se pense que é por ganhar muito... As despesas é que não são suficientes, ou sejam, faltam-me os recibos. Seja como fôr é curiosa a nossa sociedade actual que promove os gastos. Fala-se no endividamento das famílias, mas somente através de gastos se consegue abater o IRS, ou seja ZÉZINHO, CÁ POR ESTES LADOS NÃO POUPARÁS. SE POUPARES EU VOU-TE LÁ BUSCAR AS POUPANÇAS PARA COMPRAR UM NOVO AUDI A8 Á PROVA DE TOMATES.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Comentem o que vos apetecer. Viva a liberdade de expressão!